quarta-feira, dezembro 23, 2009

Jogo - Direção Defensiva

Este ano, ao entrar no mestrado, eu comecei a trabalhar em meu primeiro jogo profissionalmente. Em uma parceria entre a T&T (uma empresa de treinamento em jogos no Rio de Janeiro) e a UFF, nós tivemos financiamento da FAPERJ para a construção de um jogo sobre educação no trânsito, chamado provisoriamente de Direção Defensiva.

O projeto é pequeno, contando com uma equipe de menos de dez pessoas, sendo apenas eu e mais um aluno do mestrado como programadores. Ainda assim, é um projeto importante, não só por seu objetivo (educar motoristas), mas também por ser um jogo financiado por um órgão de fomento, algo não tão comum, infelizmente.

Para o desenvolvimento nós utilizamos o Unity e ficou sob nossa responsabilidade a elaboração de componentes que definem as funcionalidades do jogo, como o controle do carro, verificação se ultrapassou o sinal vermelho e etc. Este paradigma de programação orientada a componentes foi novidade pra mim, mas acho muito interessante. Tudo o que desenvolvemos é reutilizável, tanto em uma eventual continuação do jogo quanto em outros jogos de carro. Este processo foi muito facilitado pelo próprio Unity, que oferece uma maneira bem simples de se trabalhar com componentes.

A idéia central é apresentar uma cidade ao jogador onde ele deve realizar entregas dentro de um determinado limite de tempo. Ao contrário de jogos que seguem esta linha, como Crazy Taxi, aqui o jogador deve seguir as leis de trânsito, andando sempre na mão correta, não ultrapassando sinais vermelhos, respeitando os limites de velocidade, entre outras. O objetivo é oferecer diversão, mas ao mesmo tempo mostrar estas regras que não podem ser desrespeitadas.

É interessante notar como o jogador pode ficar tentando em alguns casos. Às vezes acontece da bússula apontar que o ponto de entrega está logo à sua frente, mas a rua é contra-mão, então o jogador tem que dar a volta por todo quarteirão para entrar no sentido correto. É algo similar ao que ocorre na vida real, embora de vez em quando a gente veja um espertinho entrando na contra-mão em uma rua menos movimentada para cortar caminho.

A medida que o jogo progride, a dificuldade aumenta. O cansaço faz com que o motorista tenha que parar em bares ou padarias para repor as energias e nessas paradas ele pode ser tentado a beber, o que o fará dirigir sob influência do alcóol (com um efeito bem legal de direção bêbada).

Este projeto já apareceu bastante na mídia, incluíndo esta reportagem no Jornal do Brasil: Game da UFF ensina direção defensiva. E este vídeo no G1:


O jogo ainda não tem data de lançamento definida, mas deve sair em algum momento de 2010. A distribuição, através de parceiros, deve ser feita gratuitamente.

Obs.: as imagens do jogo mostradas no vídeo ainda não representam sua versão final. Algumas alterações ainda devem ser feitas.

7 comentários:

MiWi disse...

Eu sempre achava que seria legal um jogo para direção defensiva... achei mtoooo bacana saber que estão fazendo um jogo com isso, e mais feliz ainda por algum conhecido meu estar envolvido no projeto! xD

Hahaha, parabéns e tudo de bom no projeto! :)

Lilian Sotin disse...

Olá. Parabéns pela iniciativa. Já chega de tantos GTAs da vida.

programad disse...

Ví seu jogo na EDGE! IRADO!!!!

Parabéns pelo ótimo trabalho!

Diego Barboza disse...

Putz, eu nem sabia que tinha saído. Vou ter que comprar a EDGE agora :D Valeu pela informação.

William Pinheiro - Boca-Fox disse...

Parabéns pelo projeto!

Jogo a mais de 25 anos e raramente se vê algo brasileiro tão bom. Não temos que comparar a tecnologia encontrada nos games atuais, mas sim o objetivo da interação com aprendizado, a reeducação, isso é fantástico e está sendo usado em diversos segmentos!

Espero colocar as mãos em um destes e vou divulgar nas diversas comunidades, fóruns!

Forte abraço!

Anônimo disse...

cara parece mentira mas eu tive essa mesma ideia para um projeto da faculdade tipo um simulador com leis de transito para educar os condutores, mas vcs já fizeram ele agara fiquei triste vou ter que fazer outra coisa agora, mas parabéns...

leonardo feliipe disse...

como eu jogo o jogo